Foto: Max Schwoelk 

Não é em Santa Catarina, mas gostaria que fosse! : ) Muita gente do Brasil não conhece o Maior Museu a Céu Aberto de Arte Contemporânea do Mundo e fica aqui no Brasil, em Brumadinho, MG.


Vocês não tem noção do que é aquele espaço!!! Não precisar ser uma pessoa apreciadora de arte para gostar de Inhotim. Já fui a uns 2 anos com a minha filha, quando ela tinha 3 anos e foi muito legal, pois a arte moderna desperta emoções nas pessoas e era muito interessante ver como minha filha se envolvia com as obras.


Tudo no parque é caprichado, paisagismo, banheiro cheirosos, não tem uma coisinha fora do lugar. Tudo tem design, arquitetura, tudo foi pensado em cada detalhe.

É incrível, vale muito estar na sua lista de desejos!



Inhotim fica a 1h de carro de Belo Horizonte e nós dormimos em BH.

O parque aos sábados abre das 9h30 as 17h30.


Desta vez que eu fui contratamos um transporte particular que custa R$500,00, é um carrinho, tipo de golfe, e cabem até 5 pessoas. Ele tem um motorista exclusivo e fica a disposição do seu grupinho de até 5 pessoas.


Mas juro, vale cada centavo:

1° Porque você não perde tempo, e em um dia consegue ver tudo.

2° Fica bem menos cansativo.

3° Você entende melhor as obras porque o motorista já te da um briefing do que é a próxima obra!


Perfeito!



O Ingresso custa R$ 44,00 e você tem que comprar algum tipo de transporte, porque tem obras que são bem longe para ir caminhando e o passeio não vai render se você não tiver os transportes.


Durante esse período turbulento o parque só aceita 500 pessoas por dia e não rola aglomeração porque o espaço é muito grande. Usamos máscaras em todos os espaços (só na hora de tirar fotos que tirávamos rapidinho para aparecer o sorrido de felicidade). Algumas obras que tem interação física estão fechadas, mas a maioria esta aberta!


Bom passeio!


Eu sou a Sabrina Schmitz, Uma Turista em Santa Catarina!

Empreendedora, Arquiteta, Mãe de 3, Colecionadora de Memórias.

contatodasabrinaschmitz@gmail.com

www.bohocasa.arq.br

https://www.instagram.com/bohocasa.decor/

www.bristolhoteis.com.br/bristol-sabrina-hotel-de-charme/


#turismoemsc #turismoemsantacatarina #turismoemjoinville #estradabonita #floraçãodosgirassóis #santacatarina #turismoemsantacatarina #consumoconciente #economiacolaborativa #florianópolis #caféscharmososdejoinville #cucadebanana #floripa #praiadajoaquina #economiacriativa #inhotim

Fraiburgo é nacionalmente conhecida pela sua produção de maçã. Uma cidade relativamente nova que tudo ao seu redor lembra esta fruta... desde as cabines telefônicas até bonecos desenhados que possuem cabeças de maçã!


Esta cidade tem potencial para se tornar futuramente Gramado/RS. Além de alguns estabelecimentos com construções germânicas, do clima ligeiramente frio, ela inclusive possui um lindo lago no centro da cidade (lembrando, é claro o Lago Negro em Gramado).


Viajamos para lá em fevereiro. Nosso objetivo era colher maçã. A colheita da maçã ocorre de janeiro até abril. Somente uma empresa oferece o passeio. Adivinha o nome da empresa? Maçã Tur!


Nós fizemos o passeio mais radical. Ou seja, fomos em um caminhão e durante uma hora e meia fizemos um rali radical por uma plantação de maçã. A descrição do meu passeio como radical faz jus ao nome: passamos inclusive por alguns riachos durante o passeio. Diversão na certa.

Este passeio é realizado somente com agendamento. Para os que não gostam tanto de aventura, existe também a opção “mais light” do passeio. Ao final da aventura, podíamos ainda colher maçãs.


Ficamos hospedados no Hotel Fraiburgo. Hotel ideal para quem esta de passagem. Contudo se você procura um hotel com uma maior infraestrutura, como piscina aquecida e pensão completa, a opção é ficar e aproveitar a vista do lindo Hotel Renar.


Aos curiosos e que buscam esta experiência, segue o contato:


Maçã Tur - (49) 9 9195-5678


Eu sou a Carla Merkle, Uma Turista Local em Joinville

Empresaria, administradora, professora universitária e mãe do Luís Fernando.

carlamerkle@carlamerkle.com.br

Buscando uma aventura em família, num final de semana fomos até Barra Velha. A nossa ideia era passar o dia na Ilha do Grant, que fica localizada a aproximadamente 600 metros da praia e o acesso é somente nadando ou por barco.



A praia do Grant, localizada entre a Praia da Barrinha e a Praia do Cerro, tem como principal característica: os barcos de pescas artesanais atracados próximos à praia, a presença da Ilha das Canas/Canavieiras ou do Grant, e de inúmeras pedras espalhadas pela areia e pelo mar (fonte: http://conhecabarravelha.com.br/atrativos/praia-do-grant).


Caso você optar por ir na ilha de barco (lembrando que também é possível ir nadando), eles ficam ali na praia do Grant e cobram uma taxa de R$ 20,00 por adulto / R$ 10,00 por criança pelo deslocamento. A ilha possui uma pequena infraestrutura de restaurante que é ideal para quem deseja passar o dia como nós.


Na Ilha do Grant também está a Gruta de Nossa Senhora dos Navegantes de onde, anualmente, parte a tradicional procissão em homenagem à santa (fonte: http://conhecabarravelha.com.br/atrativos/praia-do-grant).


Infelizmente nem sempre as coisas ocorrem como planejamos. Não foi possível acessar a ilha pois o vento estava muito forte e isto tornaria o translado perigoso.


Ficamos com muita vontade de ir lá, principalmente depois de ver alguns vídeos no youtube...

E então, gostaria de ir comigo nesta aventura (se o tempo ajuda)??


*Alias... se ficou curioso sobre a história da ilha, não deixe de ler esta reportagem: https://www.nsctotal.com.br/noticias/confira-dicas-de-passeio-nas-aguas-calmas-da-ilha-do-grant-em-barra-velha


Eu sou a Carla Merkle, Uma Turista Local em Joinville

Empresaria, administradora, professora universitária e mãe do Luís Fernando.

carlamerkle@carlamerkle.com.br

Escolha sua Cidade:

Faça sua reserva em Joinville!
bristol.jpg