Caminho de Santiago - Espanha

O objetivo deste blog é falar sobre passeios em Joinville, mas recentemente fiz uma semana do Caminho de Santiago na Espanha e gostaria de encorajar as pessoas a fazerem também e viverem o que eu vivi, pois foi simplesmente incrível. O caminho é super simples, acessível e barato de fazer, tinha gente de todas as idades fazendo, encontrei uma senhora de 70 anos fazendo sozinha, sem problema algum!

Vamos lá vou contar desde o início:

Quando eu tinha uns 18 anos li o livro do Paulo Coelho e me encantei pelo caminho, comprei vários outros livros sobre o assunto, mas parecia uma coisa muito distante fazer realmente o caminho. Recentemente meu marido foi convidado por um grupo de amigos para fazer o caminho de bike, mas não pode ir na data que eles iriam. Ai combinamos que iríamos fazer assim que surgisse uma oportunidade. Sempre estou de olho nas promoções de voo e apareceu uma para Santiago de Compostela por um preço super bom e resolvemos comprar as passagem para começar a concretizar a vontade de ir.

Como temos uma filhinha pequena e não conseguiria levar ela nesta viagem, resolvemos fazer só uma semana do caminho, que já esta de bom tamanho para ficar longe da pequena.

O caminho completo tradicional é de Saint Jean Pied-de-Port, divisa com a França até a Igreja de Santiago na cidade de Santiago de Compostela. Esse trajeto todo da aproximadamente 800 km e as pessoas fazem na média de 30 a 35 dias. Mas se você fizer mais que 100km do caminho você já é considerado um peregrino, ou seja com saída da cidade de Sarria que dá 110km.

Bom, pegamos o voo de Joinville - Sp, Sp - Mardi, Madri - Santiago. De lá tem a opções de pegar um ônibus, mas preferimos pegar um táxi que nos pegou no aeroporto e nos deixou em um albergue em Sarria, pagamos 90 euros e contratamos por esse site: www.peregrinotaxi.es, combinamos tudo por whats e pagamos lá na hora.

Não tínhamos feito reserva de nenhum albergue, mas no primeiro que fomos tinha vaga. Fizemos check in, tomamos uma banho e saímos para jantar, mas já avisados que as 23h o albergue fechava e as luzes eram apagadas.

Na manhã seguinte acordamos, tomamos café e perguntamos para que lado íamos, ela disse que o caminho passava em frente ao albergue e era só seguir as setas amarelas que não tinha erro. E realmente o caminho é muito bem sinalizado, dificilmente alguém se perde.

Ai começamos nossa caminhada.

Roteiro de 5 dias de caminhada com km aproximados:

Sarria - Portomarín 23km

Portomarín - Palas de Rei 25 km

Palas de Rei - Arzúa 29 km

Arzúa - O Pedrouzo 20km

Pedrouzo - Santiago de Compostela 19km

Quanto gastar:

Os albergues são em média 10 Euros, o café da manhã você paga em média 3,5 euros e almoço e jantar em vários lugares tem o menu do peregrino que é entrada, prato principal e sobremesa ou café por uns 10 euros e ainda inclui vinho ou água. Então com 35 euros por dia você dorme e come bem.

Os albergues:

Os albergues são super bem estruturados, custa de 5 a 10 euros, todos tem calefação, a maioria tem lavanderia com secadora e lavadora de moeda (4 euros cada) e cozinha. São vários beliches com colchão e travesseiro e sempre te dão um lençol descartável para você forrar o colchão e travesseiro. Geralmente as 22h eles apagam as luzes e vários deles às 7h acendem. Os banheiros são coletivos, alguns tem feminino e masculino outros não, é tudo junto. Mas são super limpos e organizados. Não fiz reserva em nenhum albergue, chegava na cidade e escolhia um, mas dizem que na época das férias da Europa tem muita gente fazendo o caminho e os albergues ficam lotados, por isso seria bom reservar nestes períodos.

Preciso me preparar fisicamente para o caminho?

O ideal é se preparar, mas com todos que conversei, ninguém se preparou. E na boa, é puxado mas não é tanto assim, o relevo é tranquilo. Uma coisa que cuidei muito foi meus pés, comprei uma bota de trekking um número maior que o meu pé, coloquei uma palmilha de silicone e todos os dias de manhã passava vaselina nos pés e colocava 2 meias. Isso tudo para diminuir o atrito e não me deu nenhuma bolha. Mas sempre ficava atenta quando sentia que começava a doer algum dedo já colocava um band aid antes que desse problema. Outra coisa que fiz foi tomas algumas vitaminas que a minha nutricionista Sabrina Jubet recomendou. Comia uma barra de Whey Protein pela manhã e a noite tomava glutamina, vitamina C e ômega 3 que são anti-inflamatórias naturais e anti-oxidante. Me ajudou muito. A noite doía o corpo inteiro, mas no dia seguinte quando começávamos a caminhar o corpo esquentava e não doía mais. Geralmente os peregrinos começam a caminha entre 8h e 9h da manhã que é quando amanhece e umas 15h já estamos na próxima cidade dependendo da quilometragem de caminhada do dia. Isso que paravamos uns 40 min para almoçar e mais outras paradinhas de 20 min para tomar um café e descansar. O clima é de passeio e não de exercício, que precisamos chegar rápido, então quase todo mundo toma cerveja ou vinho nas paradas.

Alimentação ao longo do caminho.

Mesmos sendo fora de temporada e vários locais de alimentação estarem fechados, tinha sempre algo aberto. E a cada mais ou menos 2 h de caminhada parávamos para comer algo, tomar uma cerveja ou um café.

Credencial do Peregrino.

É uma credencial do peregrino é um documento que você pega no seu albergue ou em alguma igreja da cidade que você for começar o caminho. Ai ao longo do caminho, nos albergue, cafés, restaurantes, você vai colecionando carimbos. Ai quando você chega na Igreja de Santiago, se você tiver andado mais que 100km você pode solicitar o certificado de peregrino. Nós quando chegamos em Sarria, no nosso albergue já não tinha mais e como saímos muito cedo no dia seguinte acabei não pegando a credencial. Mas não tive problemas, ninguém me pediu ao longo do caminho, acredito que nos albergues municipais que são de 5 euros eles peçam para que você possa se hospedar.

Porque foi tão incrível o caminho?

Todo mundo me falava que o Caminho de Santiago era incrível e fui para saber o que tornava ele tão encantador. E descobri:

É um conjunto de coisas, todo exercício físico libera Serotonina que gera a sensação de prazer e bem estar, o caminho é uma overdose de Serotonina. Por mais que o corpo esteja dolorido a sensação de bem estar é constante, você não encontra um peregrino reclamando da vida ou das longas horas de caminhada, todos estão em paz e felizes.

Você sem querer entra em estado de meditação, esvazia a mente, só observa as paisagens e deixa o caminho passar por você. É bom demais! Levei um monte de músicas para ouvir e não tive vontade de ouvir uma só musica. O barulho da natureza estava perfeito para mim. E quando pensamos em alguma coisa sobre nossa vida, aquele pensamento vinha com tanta clareza que várias vezes ficava com nó na garganta e vontade de chorar.

Você conhece gente do mundo inteiro, várias pessoas começaram de Sarria, como a gente, mas várias estavam fazem o caminho a 2,3,4 semanas e trocar essa experiência do caminho era super bom. E vai se tronando uma comunidade, pois vamos encontrando o mesmo grupo de pessoas nos restaurantes, cafés e albergues no final todos se conheciam.

O desapego e o coletivo, fui para o caminho com 2 calças, 3 camisetas e 2 jaquetas para passar 7 dias viajando. O desapego já começa ao fazer a mala é se desprender do supérfluo e levar só o essencial. Lá você divide banheiro, dorme em quartos compartilhados, parece uma grande família de pessoas estranhas.

Você anda basicamente pela zona rural da Espanha, passa por trilhas de mata fechada, ruas de asfalto, estrada de chão, marginais de grandes rodovias, por dentro de vilarejos de 10 casas e cidades maiores de 3.000 habitantes. São paisagens lindas e é sempre uma surpresa o que virá pela frente!

O caminho é apaixonante, aconselho muito que todos tivessem essa experiência de vida! Se não der fazer fazer os 35 dias, faça, 15, 10, 5 quanto você quiser ou puder, não importa. A chegada em Santiago nem foi emocionante, na realidade foi melancólico pois o caminho teria chegado ao fim. Conversávamos com as pessoas e ninguém queria chegar.

Eu quero voltar muitas vezes ao longo da minha vida e quando a minha filha crescer quero levar ela para viver essa experiência também! Agora que você já sabe todas as dicas programe o seu!

Buen Camiño!

Eu sou a Sabrina uma Turista Local em Joinville!

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now